quinta-feira, julho 17, 2008

História pra peixe dormir


Dizem que o Figueirense bateu em bêbado, cachorro morto, gato ferido e afins. O Figueira simplesmente venceu o Santos Futebol Clube. Pronto. Tá na história. Sem Pelé e sem Robinho, sem Fernandes (eternamente machucado) e sem Abimael.

Os três a zero foram importantes pra dar moral pra torcida, já que o time se encontrou na boa fase. Valeu pela volta do Edu Sales, que pra mim é melhor que o Vandinho, e que fazia um campeonato catarinense muito bom até se machucar. Valeu também pelo gol do Thunder Tank Tadeu. O nego véio é um armário de porta aberta. Não achava que seria coisa boa, mas quem sabe depois desse golzinho ele deslancha de vez.

Ah, e vale frisar que este é o post de número 50 deste humilde e bem frequentado blog. Rumo aos 100 agora.