sexta-feira, janeiro 16, 2009

Acidente com o time do Brasil de Pelotas

Luto


É com imensa tristeza que o bloguista publica este post. O time do Brasil de Pelotas sofreu um acidente e três pessoas morreram. Não que a vida do treinador de goleiros Giovani Guimarães e do zagueiro Régis Gouveia tenha pouca importância, mas a morte do ídolo da torcida, Claudio Milar, entristece ainda mais os amantes do futebol.



Eu tenho um grande amigo em Pelotas, Carlinhos, que fez metade do curso de jornalismo comigo e acabou voltando pra lá no ano passado. Em nossas conversas futebolísticas falavamos sobre o Brasil, time que ele torce, e sobre o ídolo Claudio Milar. Nos últimos papos que tive com o Carlinhos falei que o Figueira ou o Avaí iriam jogar com o Xavente na Série B.

Semana passada eu pensava sobre a possibilidade de acidentes com o ônibus do Avaí. Sério mesmo. O time vai pra Gramado e a BR-101 Sul ainda não é a maior maravilha do mundo. Eu nem imaginei perdas, mortes, só um susto. Eis-que ele veio com o Brasil-Pe.

Os torcedores catarinenses devem ter a sua história com o Brasil de Pelotas. Eu lembro do jogo com o Avaí, valendo vaga na Série B, decidido nos pênaltis. O jogo não tinha terminado e eu e meu pai já havíamos saído do estádio. Não acreditavamos na recuperação do leão, que precisava de um empate, mas ao sairmos o gol também saiu. Gritaria, correria. Assistimos aos pênaltis do restaurante da Ressaca. Foi o dia da vida do César Silva. Ainda lembro que o Gordinho, quase dono da Giacomelli e irmão do Murilinho, têm uma camisa do Brasil-Pe. Ele trocou por uma do Avaí.


Lamento muito o acidente com um clube tão querido. A apaixonada torcida Xavante merece todo o meu apreço e solidariedade neste momento.

Crédito de foto
Fotos de Nauro Júnior, Zero Hora

Um comentário:

Felipe disse...

Muito bem lembrado...este jogo do AVAI com o Brasil de Pelotas foi emocionante!! Quem viu ou lembra da memorável campanha da série C lembra desse jogo!!
E vale o luto, não pela estrutura ou grandeza do clube, mas por imaginar que qualquer clube possue seus torcedores fanaticos, independente de tamanho ou divisão que disputam e com certeza a dor e perda dessas pessoas tem que ser respeitadas como se fosse com o nosso time!!
Esperamos que todos os outros possam se recuperar e que a alegria volte a reinar no time do nosso estado co-irmão.

Amplexos