quarta-feira, abril 08, 2009

Silas no Grêmio

100% especulação da imprensa


A notícia de quem o Grêmio estaria interessado em contratar o técnico Silas foi um factóide criado pela imprensa catarinense. Quem plantou? Esse tipo de notícia não tem pai, mas todo mundo adota como filho.

O técnico ainda colocou que foi a imprensa, amigos dele, que começaram com o boato. pro Avaí, que parece estar perdendo o Medina para o Santos, é vantajoso ter o nome exposto na mídia, ainda mais para o Silas, já que isso mostra o excelente trabalho e como a mídia já o vende como um treinador para os times de ponta do Brasil.

Agora que estou do lados dos criadores de factóides, é interessante que uma notícia como essa seja publicada. Por mais inverídico que seja o assunto, esse tipo de notícia sempre gera comentários entre os torcedores e a discussão se alonga. Não se deve acreditar em tudo em que a imprensa diz, é sério.

O Silas não vai sair, ele confirma isso no vídeo abaixo.


Crédito de foto
Foto de Guto Kuerten, Diário Catarinense

4 comentários:

Lu disse...

bom, depois do ano passado, em que eles (esses inventores de notícias e causos) venderam quase todo o time do avaí antes de conseguirmos o acesso para a série A, não duvido de mais nada.... ou melhor, duvido de tudo... tudo que sai na impressa, tudo que falam e escrevem relativo ao avaí para mim é mentira até q se prove o contrário...
a vida fica bem mais tranquila assim...

Jorge Jr. disse...

Lu, há que se ter um certo filtro na imprensa, mas considerar que tudo é mentira é um pouco excessivo. É acreditar demais na teoria que todos conspiram contra o ávaí.

Valeu!!

Lu disse...

não não, não é questão de teoria da conspiração, porque acho que isso acontece com todos os clubes, não é exclusividade do avaí.

só quis dizer que não perco o sono, nem entro numa discussão e muito menos rasgo minha carteirinha de sócia só com notícias da impressa... espero que os fatos aconteçam antes de me estressar só com os boatos... :)

Jorge Jr. disse...

Ah sim, é uma visão mais ampla do futebol e do clube que se torce. Acho massa isso.

Até que o clube diga, oficialmente, a verdade não é verdadeira, com redundância.

Valeu!