sexta-feira, maio 22, 2009

Papo com Paulo Nunes, ídolo do Grêmio

O Diabo Loiro do Rio Grande do Sul


Era massa ver Paulo Nunes e Jardel jogando juntos, tanto que esse vídeo eu fiz especialmente para o povo gaúcho, como o meu amigo gremista Carmelo Cañas.

Paulo Espiga fala sobre a chegada do técnico Paulo Autuori e do carinho que ainda recebe do torcedor do Grêmio. Muito gente boa. Não parou de beber desde que chegou no bar.

Um comentário:

Anônimo disse...

Grande Paulo Nunes! Muito já fui ao estádio Olímpico ver esse cara jogar ao lado do matador Jardel. Bons tempos aqueles...

Massa a entrevista, Jorge. Não sabia que o diabo loiro tinha todo esse respeito pelo tricolor dos pampas. Não adiante né, quando o time é bom marca o coração dos jogadores...hehehe

Abraço..valeu pela homenagem...

Carmelo Cañas