segunda-feira, junho 08, 2009

Avaí na zona de rebaixamento

O momento para ficar no G-4 negativo é agora, e que seja breve


Com o empate do Barueri, em 2 a 2 com o Goiás, o Avaí entrou na zona de rebaixamento do Brasileirão. É a primeira vez, em cinco rodadas, que o time entra na zona da degola. A diferença para o time o paulista é de apenas um gol.

Começo de campeonato, time sem vencer, quatro empates, sendo três em casa, a pressão está ficando cada vez maior na Ressacada. A posição atual não significa que o time esteja rebaixado, muito longe disso, mas pode nortear a campanha de forma negativa. Imagina o time ficar toda a competição brigando para não cair, seria a maior tortura para o torcedor. Vejo que o Avaí tem time para estar mais bem colocado na tabela, mas da metade não passa.

O Leão merecia a vitória contra o São Paulo. Achei que ela viria. Gostei muito da atuação do Luis Ricardo, nunca fui simpatizante do William, então qualquer um ali é melhor que ele. Eduardo Martini, que vai se tornando o "Wilson" avaiano na elite, começa a operar alguns milagres e, negativamente, vem se tornando o melhor jogador do time. Explico. Um time que tem no goleiro o seu diferencial, como era o Figueira em boa parte da Série A de 2008, só tem um lugar para ir. Série B.

Na próxima rodada o Avaí encara o Barueri, do meia Lenílson, ex-Atlético de Ibirama, e adversário direto nesta "briga" contra o descenso. Dá pra acreditar na primeira vitória? Derrubando um semelhante, já que subiram juntos, é o primeiro passo para se reerguer, mesmo que ainda não tenha caído, na Série A.

Crédito de foto
Foto de Flávio Neves

Nenhum comentário: