sexta-feira, julho 17, 2009

Gol de Wilson rouba a cena na vitória do Figueirense

Mais uma partida com três pênaltis

Wilson bateu pênalti com categoria e fez o terceiro gol do Figueira

O Figueirense bateu o Vila Nova-GO por 3 a 1. Alê, Fernandes e Wilson marcaram para o Figueira, e Pachola fez o gol do Vila. Uma vitória que poderia ser mais tranquila, já que o time goiano parecia presa fácil. Com três pênaltis polêmicos, sendo dois a favor do Figueira, o resultado garantiu o time alvinegro na sexta colocação da Série B.

Fernandes tinha tudo para ser o nome do jogo. O primeiro gol do Figueirense saiu após um passe seu para o volante Alê que finalizou bem e abriu o placar. O Figueira poderia ter feito mais no primeiro tempo, mas recuou e o Vila Nova criou algumas chances, mas sem perigo.

No começo do segundo tempo o atacante Clodoaldo, o foda, fez pênalti num jogador do Vila. Há controvérsias quanto a penalidade, mas o juiz marcou e Pachola converteu aos quatro minutos do segundo tempo.

Cinco minutos depois foi a vez de um pênalti a favor do Figueirense. Lucas pulou, fora da área, e sofreu no máximo uma obstrução, mas o Djalma Beltrami marcou o penal. Quem bate? Fernandes, o capitão e camisa 10, assumiu a responsabilidade e marcou com categoria o segundo gol alvinegro.

A festa para o camisa 10, que foi substituído com aplausos, foi interrompida quando Egídio caiu na área e mais uma vez o juiz marcou pênalti. Ricardinho já tinha pego a bola para bater quando a torcida pediu pelo goleiro Wilson. Roberto Fernandes autorizou e o goleiro foi cobrar. Suspense no Scarpelli. O juiz apitou, ele correu pra bola e...bola prum lado e goleiro pro outro. Gol de Wilson, o primeiro dele pelo Figueirense.

São Wilson

Eu não tenho certeza, talvez seja um baita furo, mas acredito que tenha sido o primeiro goleiro da história a marcar um gol com a camisa do Figueirense.

O goleiro, que foi o único que a torcida não crucificou na péssima campanha do Figueira na Série A de 2009, merecia entrar para a história do clube. Já passou dos 150 jogos com a camisa alvinegra e demostrou ser um tipo de jogador raro, aquele que ainda tem, mesmo que pouco, não sei, amor a camisa que veste.

Fernandes

O eterno ídolo alvinegro. Deu passe pra gol e fez um de pênalti. Está voltando a mostrar o seu bom futebol e ajudando o time nas vitórias. A entrevista do Fabiano Linhares com o meia Fernandes, quinta-feira, no programa Marcou no Esporte, na TVCOM, foi sensacional.

Crédito de foto
Foto de Ricardo Duarte

Nenhum comentário: