terça-feira, setembro 29, 2009

Acreditando mais ainda - Vasco 1 x 2 Figueirense


Time que tem Fernandes voltando a jogar aquilo que sabe, e o Schwenck, ele mesmo, o mais odiado dos atacantes, tem tudo para vencer o líder, virtual classificado, fora de casa. Perdeu pro Campinense, mas bateu o Vasco em São Januário. Roberto Fernandes, parece que o problema era ele.

O gol de falta de Schwenck, esse cara que você não consegue achar bom jogar, mas se rende ao que ele faz em campo, foi o abre-alas para a sexta vitória do Figueira fora de casa.

Fernandes é sem palavras. Luiz Alano narrou de forma muito categórica o golaço do camisa 10 alvinegro. Perde, ganha, dribla e finaliza de esquerda. Merecia uma descrição no nível do Boleiros da Bola, mas temos imagem. É mais bonito ver.

Clique e baixe a narração do Alano

Assista aos gols de vasco 1 x 2 Figueirense

Ala Forte

Egídio. Chegou manso, recebendo vaia, mas hoje foi o melhor jogador em campo. Faz tudo aquilo que o torcedor gosta. Driblou, humilhou, sofreu falta perto da área, foi o cara da partida. Mas méritos também para o Edson, que ficou na retaguarda para deixar o Egídio pintar e bordar.

Na última partida citei que ele estaria chegando no nível do Eltinho, do Avaí. Depois de hoje, se conseguir manter, estará lado a lado com o excelente ala avaiano.

Ceská Mil Torcedores no Sábado


O número exato não dá pra prever, mas é o momento de tirar o rabo do sofá, trocar a cueca selada e fazer o Orlando Scarpelli sentir a força da torcida alvinegra. Sábado, contra o Bahia, é pra ter 15 mil, público de clássico.

A diretoria pode fazer uma bela promoção de ingressos, sem contar na estreia do terceiro uniforme alvinegro. Acredito que seja nessa partida contra o combalido Bahia (eu tenho uma camisa do Bahêa).

Crédito de foto
Foto de Alexandre Cassiano, O Globo


Siga o @PapoFC pelo Twitter

Nenhum comentário: