sexta-feira, novembro 06, 2009

Tá quase, tá quase lá - Figueirense 3 x 1 Campinense


A missão foi cumprida. A vitória por 3 a 1 era mais que obrigação, e veio de uma forma mais tranquila do que eu esperava. O G-4 permanece até o resultado de Atlético-GO x Guarani sair. Botava fé num sufoco, sofrimento, mas foi sem maiores problemas. Fernandes, com 93 gols com a camisa do Figueira, e Rafael Coelho marcaram pró alvinegro. Marcelinho Henrique, driblando três marcadores, fez o golaço do rebaixado Campinense.

Mais do que vencer, jogar bem, foi fazer o time reacreditar no acesso. A vitória contra o Brasiliense, sábado passado, deu uma força que precisava ser continua, e só ganhando com a pressão da torcida para confirmar isso. E confirmou.

Roberto Brum, no primeiro tempo, quase fez o gol que Pelé não fez e que eu tentei no jogo da firma na última terça. Chutou do meio-campo e ela parou no travessão. Era um golaço. Rafael Coelho, mesmo marcando, perdeu um gol incrível no primeiro tempo. Chutou fraco e em cima do goleiro. Deu pra ver nervosismo, não só dele.

A torcida é foda. Não perdoa. Anderson Luís, que fez a jogada do primeiro gol, foi vaiado por uma dúzia de mala após errar um passe. É lógico que ele não é o melhor do mundo, mas tem que apoiar o cara. O mesmo estavam fazendo com o Rafael Coelho. Quem é da casa não tem moral, parece que vai ser sempre assim.

A padaria está fechando, mas ainda tem sonho.

Crédito de foto
Foto de Flávio Neves

Um comentário:

Artur de Bem disse...

Jorge,

não tem árbitro comprado pra ajudar o Flu?

Fluminense vs Palmeiras
Essa foi demais!!!