quinta-feira, dezembro 03, 2009

O exemplo da torcida do Fluminense


A torcida do Figueirense deve estar acompanhando a ressureição do Fluminense. O time está sendo carregado, sem sombra de dúvidas, pela torcida. Nem a arrancada do Flamengo, no Brasileirão de 2007, foi tão espantosa. Ontem, contra a LDU, eram mais que os 11 em campo. A torcida alvinegra não fez o papel de 12 segundo jogador, mesmo com aquela boa dúzia cantando, empurrando, mas nunca foi uma voz só.

Na Série B de 2008, principalmente nas chuvas, a torcida do Avaí jogava com o time, assim como está fazendo os tricolores das Laranjeiras.

Quando o time era omisso em campo, jogava com os medalhões no nome e não passava a menor confiança, as vaias eram constantes, sem falar no número de torcedores no estádio. A virada do Flu começou no campo e foi para a arquibancada, e quando chega lá não tem mais jeito. Ninguém segura.

A demonstração de amor e apoio aos atletas é algo que arrepia. Não há time que não jogue quando a torcida não fica passiva. Cantar e incentivar e faz a diferença. É um exemplo a ser seguido pela massa alvinegra em 2010.

A piada da torcida geladeira, sinceramente, tem um fundo de verdade.

Crédito de foto
Foto de Cristina Dissat, Blog Fim de Jogo

4 comentários:

Felipe disse...

E é por isso que eu digo que tenho ORGULHO de torcer pra dois times, AVAI e FLUMINENSE, que possuem torcidas tão apaixonadas e vibrantes!!! Que conseguem fazer a diferença nos momentos ruins e nos momentos bons!!!
Parabens para essas duas torcidas que este ano deram espetáculos nas arquibancadas!!! =D

Amplexosss

Diego Wendhausen Passos disse...

O Polidoro me disse na entrevista para meu TCC que o jogador sente a vibração das arquibancadas.
Como torcedor de Avaí e Palmeiras, falarei de ambos. O Palmeiras, na Série B, em 2003, teve média de público maior entre os clubes paulistas.
Já o Avaí, o time pode sofrer gol, o torcedor empurra, apóia como se estivesse ganhando.
Inesquecível a vitória de virada contra o Fortaleza, ano passado, 1 a 0 para os cearenses, e a torcida empurrando o time, e o William fez 2, garantindo nossa vitória.
Na Ressacada, o torcedor tem sido fundamental.

Anônimo disse...

que piada... quer comparar o Figueirense 2009 com o Avai 2008? pelo amor de deus ne? o Figueira perdeu 6 jogos de 19 em casa, o avai ficou 1 aano invicto

assim é facil apoiar ne? e mesmo assim a torcida alvinegra levou quase 7 mil pessoas por jogo, coisa que o avai so conseguiu no ano do acesso...

onde estavam esses torcedores azuis de 2008 pra tras? ai a torcida nao fazia a diferença? nao estou entendendo, pois é notorio que era quase impossivel o avai passar de 3500 pagantes dentro de casa... algo mudou, e é óbvio: montaram um time bom, simples

a diferença é que nunca conseguirao bater a massa alvinegra.. mesmo cambaleando em 2009, venceu todas as "disputas" de publico da nossa imprensa (ex: quase 14 mil contra o BAHIA estando fora do G4 o campeonato inteiro.. alguem viu algo parecido no sul da ilha?)

abraços/

Anônimo disse...

e outra:

teve mais jogos com chuva no Scarpelli em 2009 que na Ressacada em 2008

pq ninguem falou nada? intrigante..