quinta-feira, janeiro 21, 2010

Empate com gosto de empate - Juventus 1 x 1 Avaí


Se comparacemos o futebol apresentado contra o Brusque com o de hoje (quarta) contra o Juventus, na malinagem, daria pra dizer que a new generation do Avaí faltou aos treinos da semana. Jogou mal, criou pouco e teve no goleiro Renan o seu destaque, além do zagueiro artilheiro Gabriel.

Nem o fato de fazer o gol após estar perdendo, com um a menos, deixou o empate com um gostinho de vitória. Foi um ponto por um ponto.

O Juventus, que perdeu na estreia para o Metrô, me surpreendeu. Vai brigar para não cair, talvez até com o Criciúma, mas é um time ligeiro, com o Ramon (esse aqui) e o goleiro André, que ainda pertence ao Avaí, fazendo uma excelente partida.

O que deu para perceber no jogo é que o atacante Roberto, que poderia ter ido para o Coritiba, é um jogador de segundo tempo. Não tem aquela bola para atuar durante os 90 minutos. Odair e Gustavo também estão "fora de prumo".

De bom, além do Rodrigo Thiesen, que acabou sendo expulso, tem o Johnny e a presença do Chamusca, já que era o mínimo que ele poderia fazer. Para sábado, contra a Chapecoense, é time completo, acredito que com Sávio no time, e o treinador no banco. Vai ser um jogão, já que o Verdão também venceu.

Crédito de foto
Foto de Luciano Moraes

Um comentário:

Alexandre Gonçalves disse...

O André (@andre_goleiro) não é mais do Avaí. Disse isso no Twitter. Dos que jogaram ontem, Renan é goleiro pra ser titular. Gabriel, Renan Oliveira, Rodrigo Thiesen, Jhonny (esse é craque - lança, chuta bem de fora), Medina (menos tímido), Cristian, Roberto, Hegon e Laércio podem ser aproveitos. Odair (de meia) e Gustavo não vão dar mais do que já deram.

Faço uma consideração sobre o Roberto: tanto no jogo de domingo quanto no jogo de ontem, Roberto jogou no segundo tempo porque só no segundo tempo o Odair saiu para a entrada do Hegon, que - boa surpresa - deu outra movimentação pro ataque, buscando, tabelando, coisas que o Odair não faz.