sexta-feira, janeiro 08, 2010

A situação do Criciúma preocupa para o Estadual


Empate com o Inter B, isso que os colorados tiveram dois jogadores expulsos. Nenhum jogador de nome, ou que possa fazer a diferença, foi contratado. Diretores falam que os atletas não querem jogar no clube porque oferecem pouco. O clube também precisa arrumar a cobertura do Heriberto Hülse.

Itamar Schulle, depois da derrota para o São José-RS, quase entregou o cargo. Na opinião dos blogueiros nenhum citou o time como concorrente ao título. O que esperar na Série C?

Falta investimento, o pessoal da cidade "comprar" a ideia do time, mas parece que há um atrito monstro entre quem comanda e os restantes. Fala-se em brigas oligárquicas, a família tal, os Búrigo, contra os Zanatta (é um exemplo).

Do que ouvi do amistoso, e já tinha reparado na Copa SC, o garoto Lucca é o diferencial do time. O goleiro Pedro Paulo, que é muito bom no Championship Manager, tem tudo para se firmar. Mas um time, ainda mais o Criciúma, não pode depender de dois jovens.

Fica a pergunta, e a preocupação, o que será do Criciúma em 2010?

Crédito de foto
Foto site oficial do Criciúma EC

Um comentário:

Adir José disse...

Com todo respeito ao município, de povo agradável, o que está acontecendo é que o clube, que sempre foi muito maior do que a capacidade da cidade de comportar um clube de futebol, está adequando o seu tamanho ao do município, que é pequeno.