sexta-feira, fevereiro 05, 2010

Abstinência futebolística em dia de clássico


Estou tentando passar um período sabático, o que para mim é ficar longe da internet e do futebol. Confesso que tentei isso ontem, bem no dia de Figueirense e Avaí. A vontade de ter ido ao estádio era grande, mas preferi ficar num aniversário tentando medir a temperatura da cerveja mais gelada.

Os fogos anunciaram o primeiro gol do Avaí. Pedi para colocarem na rádio - acabando com a música da Leci Brandão - só pra ver o que tinha acontecido. 1 a 0 Leão. Foi aí que a crise de abstinência bateu forte.

Acabei ligando para a casa da minha vó, sabia que a galera estava lá assistindo ao jogo. Minha mãe atendeu e falou "Tá 1 a 1. Oh, gol do Figueirense. 2 a 1 agora".

Peguei o Théo para dar uma "voltinha". Fui no carro ouvir o final do primeiro tempo. Segundo tempo começou tranquilo, caipirinha e cerveja na mesa e o violão no colo. Pressentindo o fim do jogo, como que um aviso dos céus, fui pro carro. Pênalti pro Avaí. Pensei "Meu palpite estava certo" (veja aqui).

Gol do Avaí, Leonardo converteu o pênalti. Fiz uma mescla da narração, trocando da Guarujá para CBN e depois Band FM. Acabou o jogo, entrevistas dentro do campo, e voltei para a festa com a informação quentinha: O Avaí empatou o jogo nos acréscimos. Poucos me ouviram, mas eu já estava satisfeito.

Pré e Pós-jogo

A foto que abre o post é do Rubens Flôres, ex-Flagrantes do Cotidiano, que migrou, junto com a Carla Cavalheiro, para o Foto Flagrante.

A Carla fez uma enquete no Twitter para ver o palpite da rapaziada. Fui o único a acertar, quem me avisou foi o Felipe, do Minha VidAvaí. Saiu no Diarinho de ontem (clique aqui e veja a matéria). Vale frisar que ainda não sou jornalista, já que ainda não tenho diploma. Mas em junho isso se resolve.

Sugiro também a leitura da crônica do jogo feita pelo meu chefe Rodrigo Celente. Sem ter visto nenhuma imagem deu para entender direitinho como foi o jogo.

Em tempo, este post foi escrito com algumas interrupções. Théo veio aqui jogar o mouse no chão e descobrir mais 200 atalhos do windows no teclado. A Jana também me chamou para tirar foto dela e do Fenômeno. Detalhe: ela estava tomando banho na banheira dele.

Um comentário:

Felipe Apolinário disse...

Pooorrraaa

Mãe Dinah!!!

hahaha abraço!!