quinta-feira, março 04, 2010

Vitórias complicadas na 2ª rodada do returno


Os jogos fáceis, aquelas babas, acabaram por se tornar emocionantes para quem vê de fora e irritantes para os torcedores. As três vitórias da rodada, já que JEC e CFZ Imbituba empataram em 2 a 2 e Atlético-Ib e Criciúma ficaram no 1 a 1.

Avaí 3 x 1 Juventus

O Avaí quase empatou com o Juventus, lanterna do campeonato. Aos 47 do segundo tempo, Juninho Tardelli, irmão do Diego, quase empatou o jogo. A sorte é que no contra-ataque o atacante Roberto marcou o terceiro, mas não evitou as vaias da torcida pelo fraco futebol.

O Avaí lidera o returno e está garantido no quadrangular final do returno - só um desastre tira o time de lá. Mas não é possível que o time jogue na defesa contra o lanterna da competição. O único time que não venceu na competição.

A torcida saiu vaiando o treinador e chamando-o de burro. Precisa disso? Não perdoaram nem o Silas na sua fase de teimosia. Acho que não termina o ano no Leão.

Metropolitano 3 x 2 Chapecoense

Na Superquarta, o Metropolitano tinha tudo para vencer tranquilamente a Chapecoense, mas quase acabou cedendo o empate. O Verdão d'Oeste até merecia o empate, já que o Metrô perdeu um caminhão de gols.

O atacante Mariano Trípodi vem se mostrando decisivo, assim como o meia Leandrinho vem jogando uma bola bem redonda. Por mais que a torcida exalte, não me passa confiança o goleiro João Paulo, assim como os volantes do time. A dupla de zaga é muito boa, destaque para o zagueiro Rafael - esse jogaria em qualquer time do Estado.

Figueirense 5 x 3 Brusque

No Scarpelli, o Figueirense tinha um jogo tranquilo nas mãos, mas quase acabou se afogando na água da chuva que caiu em Florianópolis. O Brusque, que lidera a enquete do blog para ser o parceiro do Juventus na Segundona, quase apronta um crime.

O goleiro Moreno, citado no post de ontem, falhou feio. Márcio Goiano disse que os zagueiros poderiam ter tirado para fora, mas se sobrou para o goleiro a culpa é dele. Preferiu dar o gol a colocar a bola para escanteio.

Crédito de foto
Foto de Ricardo Duarte

Um comentário:

Felipe disse...

Todos sabem que hoje o futebol é mais empolgação e superação do que parte técnica, e isso fez com que esses jogos relativamente "faceis" acabessem sendo desse tipo.
Acho que as equipes levam isso como experiência e melhor para o Avai e conseguiu os 3 pontos.
A gente sabe que em jogos de mais alto nível o futebol apresentado é diferente e não temos como cobrar isso numa partida contra uma equipe de baixo nivel técnico!!
No final ficam os 3 pontos e a vontade do time em agradar a torcida no proximo encontro...eu acho um saldo positivo =)

Amplexos