sábado, abril 10, 2010

Quem leva o lindo troféu do Returno do Catarinense?


Que beleza! A Federação Catarinense de Futebol quis homenagear os 175 anos da Polícia Militar de Santa Catarina com um troféu. Até aí tudo certo. O problema foi a obra criada. Que coisa medonha!

O troféu é semelhante a um Preto Velho. Quem fez a obra foi o artista Sérgio Canale, especialista em arte em ferro. Pode ser um cara gente, grande escultor, mas ficou muito feia essa homenagem. Na foto abaixo dá pra ter uma noção melhor do tamanho do troço e imaginar o peso que não deve ter.



Avaí x Brusque Sábado, dia 10, com transmissão ao vivo pelo minuto a minuto do clicEsportes

Palpite: 2 a 1 Leão

Figueirense x Joinville - Domingo, dia 11, às 16h, também com transmissão ao vivo pelo Minuto a Minuto e pela RBS TV.


Palpite: 2 a 2

Crédito de foto
Assessoria da FCF

3 comentários:

Anônimo disse...

3x1 brusque

GutoAtherino disse...

pelas fotos, até achei o trofeu bonito. Tem seu valor artístico. Além disso, gosto de dois tipos de trofeus: um clássico/tradicional de verdade, que você olha e vê a grandeza da disputa; ou um que foge dos canecos comuns e passa o conceito de conquista de forma estilizada e moderna.

Porém, se formos olhar pelo lado semiótico da obra, o trofeu do segundo turno ficou medonho. A força policial não tem, e de forma alguma pode ter, o controle do futebol. Um policial segurando a bola e a protegendo com seu escudo é a pior homenagem que a FCF poderia fazer à PM e ao futebol catarinense. Definitivamente, este trofeu é de um mau gosto absurdo!

Abraço,
Guto

Jorge Jr. disse...

Não foi 3 a 1.

Guto, só o termo semiótica valeu o teu post. Lembrei das aulas de teoria da comunicação. E o Preto Velha fica com quem?