sexta-feira, abril 16, 2010

Racismo no Futebol


É crime. No futebol, na rua, no escritório ou em qualquer lugar. Todo mundo é racista, mesmo que inconscientemente - ouvi isso de um amigo uma vez. Concordei com ele. O motivo? Uma desiguldade que nunca será revertida, uma humilhação que nunca será esquecida e, principalmente, quando o negro deixar de ser exceção.

Já fui chingado do macaco como o Manoel e o Grafite. Quem o fez não lembra, mas eu não esqueço.

Falar disso não é tabu, é medo de acabar sendo preconceituoso em algum comentário. Por conta disso, vou colocar abaixo alguns escritos que colhi na internet. Nele percebo que as coisas não vão mudar, mesmo com gente tentando.

Vão malhar a África do Sul por causa de assaltos, roubos, confusões e afins. Mas lá, diferente de cá, não tem nem 20 anos que as coisas efetivamente mudaram. Lá existe o racismo do negro contra o branco, e ele é grande. O racismo "normal", do branco no negro, também continua. Há exceções, mas lá a maioria absoluta só viu alguma mudança quando NelsonMandela foi eleito presidente.

Os comentários

Mulher - Porto Alegre
pura lorota! virou moda, no Brasil, os negros choramingarem desse modo. Se um negro chama um loiro de "alemão batata", constitui-se crime? não. Agora, se chamar um negro de "negro", certamente irão inventar um monte de absurdos para prejudicar os eurodescendentes. Isso é racismo, por parte dos negros. Já não há cotas para negros aqui e acolá? e cotas para brancos, existe? Isso é pura discriminação. É covardia de quem usa a cor da pele, escura, para prejudicar os demais. Mais respeito, afros!

Homem - São Paulo
Onde já se viu o linconl dar uma declaração dessa: toda ação tem uma reção. Muito mané,essa foi a reção mais estúpida q ele (danilo)podia ter,pelo visto o camisa 99 acha normal q isso aconteça no futebol.o danilo se esqueceu por uma fração de milésimos q a equipe dele tbm tem negros. só quem é negro como eu sabe como são essas coisas,e o mais triste éque sou palmeirense. tem que ficar fora pelo resto do ano,pelo conjunto da obra.

Homem - Santo André
Na boa acho q é uma baita hipocresia essa histórinhade racismo, pô quantos amigos você nunca chamou de macaco. eu que sou branco e filho de preto alto me denomino mico leão dourado. fala sério rsrsrsrsrsrsrs. abraços palestrinos

Crédito de foto
Foto do blog Direita ou Endireita

Um comentário:

Artur de Bem disse...

Não tenho racismo, é uma questão de higiene.
Essa foi a pior que eu ouvi.

Acho que isso, infelizmente, sempre vai existir.
Assim como a guerra no oriente médio, a rixa entre gaúchos e catarinenses, joinvillenses e florianopolitanos, paulista e cariocas, pernambucanos e bahianos, sulistas e nordestinos, avaianos e figueirenses, a guerra fria.....