domingo, julho 18, 2010

Avaí de Lopes vence o Palmeiras de Felipão

Técnico novo, duas vitórias sobre grandes times e a confiança já está saindo pelo ladrão. E tudo isso com razão. Depois do2 a 1 no São Paulo no Morumbi, agora, com um a menos, o Avaí fez 4 a 2 em cima do Palmeiras, com Felipão no banco e tudo.

Caio, que precisava jogar mais na parte ofensiva, fez uma partida digna de Marquinhos. Marcou dois gols, deu passe para a assistência de Roberto no gol de Robinho e comandou a virada histórica em cima do Palmeiras. Roberto fechou o caixão com um bonito gol, driblando Deola com bastante inteligência.

Antônio Lopes mais uma vez foi seguro no seu esquema. Manteve o 4-4-2 mesmo com um a menos. Como? Robinho voltou um pouco e ajudou Roberto enquanto conseguiu.

Definitivamente, para alegria do futebol de gols, o Avaí acabou com o 3-5-2. Lopes arrumou o jeito de jogar do time e até mesmo o Rafael, capitão com Chamusca, não ficou nem no banco (ah, mas ele voltou de viagem. E daí?). Quero ver quem tira, a não ser os amarelos, o Gabriel do time.

Ano passado

Só para lembrar, em 2009 foi 3 a 0 pro Verdão.

Turma do Didi

O Eltinho passou mal na concentração e o lateral-esquerdo Pará, substituto imediato, teve que ser chamado em casa para o jogo. Imagina, você almoçando vendo a Turma do Didi, pronto pra ver uma sacanagem no Domingo Legal com o Celso Portioli e alguém te chama: ó, Eltinho tá fora. Vem que vais ser titular.

Cara sai de casa arrotando coca, peidando o vinho da noite anterior e a menor concentração para uma partida de futebol profissional. Isso tudo que escrevi não diminui a expulsão do Pará, mas é uma "defesa" para quem está condenando-o à pena de morte.

Crédito de foto
Foto de Alceu Atherino

Um comentário:

Felipe disse...

Rumo ao G4!!!
Vamo Vamo AVAEEEE

Amplexos