sexta-feira, maio 13, 2011

Como time grande, Avaí vence o São Paulo

aInesquecível. Que noite na Ressacada. O Avaí venceu o São Paulo por 3 a 1 e está na semifinal da Copa do Brasil de 2011. O Tricolor abriu o placar com Casemiro, mas São William, Bruno e Marquinhos Gabriel fizeram o Leão chegar na inédita semifinal.

O gol são-paulino assustou, mas William foi rápido ao empatar. Ali, naquele gol, o Avaí mostrou que estava com vontade de fazer história. E fez. Silas acertou na escalação e o seu sistema defensivo, tirando o gol, foi perfeito. Revson foi melhor taticamente, já que pouco se ouviu o nome dele. Fernandinho, Dagoberto e Lucas, tirando os primeiros 10 minutos, foram aniquilados.

No meio, Marquinhos fez a sua melhor partida no ano. Demorou para isso acontecer, mas a notícia de saber que entraria em campo só no dia do jogo fez bem ao Galego. Saiu ovacionado com méritos e, como dica, vale treinar mais a cobrança de falta, quando ela vai pro gol. Se for pra cruzar na área e bater escanteio - teve perto do gol olímpico - pode continuar assim.

Na frente, William, o personagem de ontem da minha matéria no Hora de Santa Catarina, fez uma partida no estilo dele. Nada genial, mas com resultado, gol, raça e uma entrega que poucas atacantes fazem. Não estranharia se ele fosse argentino, é no mesmo estilo.

Sobre time grande, o esperado era o Avaí sofrer pressão e tentar, nos contra-ataques, alguma coisa. Mais foi totalmente o contrário disso. Quem saiu da Ressacada cabisbaixo, com um futebol de time pequeno, foi o gigante São Paulo. Não há contra-senso, é a mais pura verdade. O São Paulo é imenso, mas o Leão já belisca a alcunha de grande.

O próximo adversário será o Vasco. O primeiro jogo será em São Januário e o de volta na Ressacada.

Nenhum comentário: