terça-feira, julho 26, 2011

Duas verdades, ou não

O Brasileirão ainda não chegou na metade, mas já dá para prever algumas coisas que devem acontecer mais adiante. Não é secar, jogar contra ou criar complô, são fatos!

Pela missão difícil de recuperar os destroços do Titanic Avaí do fundo da tabela, Gallo não vai terminar o ano no comando do clube.

Mesmo fazendo uma campanha satisfatória, sendo amigo do rei e dos "amigos", o técnico do Figueirense no final do ano não será o Jorginho.

Como disse, não é criar polêmica, torcer por derrotas e tal. Os dois professores não terminam o ano por aqui. Eu quero ver os dois times na Libertadores de 2012, mas é um sonho.

2 comentários:

Igor sausmikat disse...

É que a forma que os dois treinadores são,não dá pra entender.O Gallo acha que tá tudo bem e o Jorginho e suas mudanças e seu jeito retranqueiro de ser.E olha que Avaí e Figueira não são equipes pra cair e pra chegar longe na competição,mas o começo avaiano foi patético e o do Figueira não permaneceu,mas ainda tirará pontos de muitas equipes nesse campeonato.
Abraço
Igor
meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter @blogdoigor05

Ingrid disse...

Tomara que não seja o Jorginho , mesmo sendo amigo do Rei e dos amigos !!!!
Até porque o Rei conseguiu segurar até agora o seu pupilo , mas o descontentamento só aumenta , portanto não conseguirá segurá-lo eternamente !!