quarta-feira, setembro 07, 2011

Havia o Santos no caminho do Avaí


Apesar da foto mostrar uma estrada livre, as coisas estão mais nebulosas do que nunca para o Avaí. O time perdeu mais uma em casa, de virada, e não sairá da zona de rebaixamento com uma vitória contra o lanterna, no próximo sábado. Por outro lado, o Santos mostrou que está se recuperando no Brasileiro e venceu por 2 a 1.

A defesa do Avaí, sob o comando de Toninho Cecílio, levou oito gols. São dois gols por jogo, o que obriga o ataque a sempre fazer três. Deu certo contra Figueirense e Flamengo, mas não deu liga contra Santos e Atlético-MG.

Arlan deu uma melhorada ofensivamente, mas ainda não é totalmente confiável na defesa. Já Romano, o outro lateral, tem apenas lampejos. Dirceu e Gustavo Bastos, apesar de serem muito raçudos, acabam sendo presas fáceis para times que tem bom toque de bola, vide gol do Borges.

As falhas individuais, apesar de comuns, tem que ser evitadas ao máximo, já que vem comprometendo e muito a campanha regular, no sentido de continuar no mesmo lugar, do Avaí.

Crédito de foto
Foto de Jamira Furlani

Um comentário:

Anônimo disse...

Tenho acompanhado alguns jogos e comentários sobre o Avaí e a pressão crítica no setor defensivo.No jogo do santos foram 3 chutes a gol do Avaí. A defesa rechaçou 76 bolas, o goleiro pegou 9, houve 6 bolas para fora.O Avaí é atacado 1 vez por minuto, não tem quem resista. Se tivessem ganho o jogo os defensores seriam heróis.Quase todos o s jogos é a mesma coisa.Contrataram 8 zagueiros.Será que o principal problema é alí. Onde está a posse de bola?, quem protege a defesa?É Santo Expedito? Acordem corneteiros de plantão.