quarta-feira, dezembro 21, 2011

Em Branco


Pois, não disse nada sobre o Branco, ou se disse não me lembro. Fim de ano, esse mercado do futebol rolando, dá um desânimo desgraçado. Porém, sempre chega o Verão para alegrar o ambiente. A desmotivação bloguística é passageira, é assim há três anos. Em janeiro engrena e vai, toda vida reto, até dezembro.

Falando do novo técnico do Figueirense, além de ser uma aposta para ver se o raio cai duas vezes no mesmo lugar, vejo que os homens do futebol não tem medo de tentar. Isso é uma grande coisa, apostar é preciso, desde que feito com consciência.

Estou lendo o livro "A bola não entra por acaso", de Ferran Sorriano, ex-vice presidente econômico do Barcelona. Por sinal, em um "café com brócolis", vi o Renan Dal Zotto com esse livro na mão. Sinal de que ele e o restante da gestão de futebol leu, pesquisou muito e escolheu Branco como técnico. Foi assim, com uma pesquisa profunda, que o Barcelona optou por não contratar José Mourinho para ficar com Pep Guardiola.

Acho que Branco deve dar certo, não por ser um estrategista de primeiro, já que a primeira experiência dele como técnico, mas por estar em um grupo, e isso inclui direção, funcionários e jogadores, com uma mentalidade diferente. Eu acredito nisso. Posso estar errado, mas não deixo em branco.

Um comentário:

Seu Cunha disse...

Um feliz e grande Natal pra ti, pra toda tua família e todos que te acompanham nesse blog.
Abraços!