quarta-feira, maio 16, 2012

Surrealismo Azul


Assisti agora, na madrugada e no Blog do Rodrigo, o vídeo mais surreal da história do futebol catarinense. O constrangimento de quem estava lá até me passou batido, mas as palavras dos jogadores, principalmente do Cleber Santana, mostram que a coisa não vai ser boa nos próximos dias na Ressacada.

Hemerson Maria, na segunda-feira, quando entrevistei-o, disse ter já tratado do planejamento da viagem para Varginha e estava muito tranquilo. Olha a bomba que ele tem em mãos!

Agora, depois dessa demonstração dos atletas, segundo disse o Alexandre Gonçalves, de um possível nascimento da Democracia Avaiana. Assunto para discorrermos mais adiante.a

Na verdade, o acontecido na tarde desta terça-feira é tão surreal que fica difícil falar qualquer coisa crítica. O problema foi escancarado de uma forma tão clara que até uma criança que não fala entendeu. A crise, ou auto-crise, fez o time sair de Campeão Catarinense para Figueirense na festa do Top da Bola. Os pólos se inverteram.

No mais, sigo cada vez mais fã do repórter Alisson Francisco. Jornalismo não deve ser feito por rixas pessoais, deve é feito de jornalismo nu e cru. Cada história um novo caso.

Um comentário:

Felipe disse...

Não discuto aqui a opção do Sr Zunino em se desfazer do atual Gerente de Futebol e trazer outro responsável, muito menos a questão da parceria e até que ponto ela será boa ou não, ou qualquer outro tipo de opção de rumo que a Diretoria decidiu assumir.
Isto se chama gerencia, quando uma pessoa é responsável por ditar o que a empresa, ou aqui neste caso o clube, irá fazer ou não, e principalmente quem o Presidente escolhe para ser seus responsáveis nesse período.
Não gostei da situação da troca, fato, porém não gostei ainda mais da atitude dos jogadores, afinal eles são contratado do clube, o clube possui um mandatário, devidamente eleito, e é ele quem deve escolher quem serão os responsáveis.
Já imaginaram isto numa escala empresarial?! Quando que um funcionário iria simplesmente entrar na sala do presidente e falar "Não quero esse gerente que você escolheu pra me comandar, quero o meu amigo!"
Simplesmente não existe!!!
O que eu vejo é uma série de erros, presidente, diretores e jogadores....e no final quem vai sofrer com isso?!?! O Avai e nós, a maior e mais apaixonada torcida do estado.

Infelizmente....só tenho a lamentar, tudo e todos os envolvidos.

Amplexos