segunda-feira, junho 04, 2012

Embalos da Série B

O trio catarinense vive momentos distintos neste início de Série B. Começando por ordem alfabética, a derrota do Avaí para o Joinville, a segunda consecutiva na competição, tirou o restinho da peneira que encobria o sol do título Catarinense.

No Leão, as fragilidades do time, depois daquela histórica derrota para o Camboriú, nunca estiveram tão à tona. A defesa, outrora ponto forte, deixa a desejar. Os volantes, que são três, só Mika se destaca. No meio, sozinho, alone, Cleber Santana tenta, mas, ao que parece, nem Messi iria fazer um ataque lento jogar.

No Criciúma, a paulada de 3 a 0 para o América-MG, ao que parece, não vai baquear o time. No entanto, o papo de Zé Carlos no Figueirense pode criar um rolo desnecessário. Se sair, o time pode ficar penso, assim como ficavam as pipas que eu fazia.

O Joinville, do Leôncio Leandro Campos, vem evoluindo. A alterações defensivas foram positivas, e Marcinho parece ter vindo para ganhar um lugar no time. Na frente, Lima continua fazendo gols, sendo Alex e Aldair, os outros dois jogadores de frente, as dúvidas frequentes para a dupla de ataque.

Hoje, pelo pouco que se viu nos quatro jogos dos times catarinenses na Série B, vejo o Joinville na frente do Criciúma que, por sinal, está bem mais avançado que o Avaí. É só o começo, mas não dá para deixar para depois. Daqui a pouco já é novembro.

Nenhum comentário: