sexta-feira, fevereiro 05, 2016

Toshi no Avaí

Dois anos de treino, viagens para ficar no banco de reservas, e finalmente uma chance. O japonês Toshi não é nenhum fenômeno com a bola no pé, mas tem um carisma forte, mesmo sendo desconhecido por não dar entrevistas e nem ser uma estrela da equipe. Mas diante do Metropolitano, com 3 a 0 no placar, o técnico Raul Cabral cedeu aos apelos da galera e colocou ele em campo.

Tabela do Campeonato Catarinense 2016

Era galhofa, claro, mas também curiosidade para saber se o japonês tinha qualidade. Se bem aproveitado, é um baita case de marketing e, quem sabe, até opção de segundo tempo para ser o novo xodó da torcida.

Nenhum comentário: