quarta-feira, outubro 18, 2017

Mais minutos para Marquinhos e um minuto de cera

O Avaí teve no empate com o Botafogo por 1 a 1 nesta quarta, na Ressacada, um péssimo resultado. O time vencia até os 49 minutos, tempo que a equipe, gandula ou outro funcionário, segurou a bola para a cobrança de uma falta a favor do clube. Nessa demora o árbitro deu um minuto a mais. E esse acréscimo de 60 segundos resultou no gol de Marcos Vinicius, aos 50 minutos, jogando no lixo uma baita vitória.

O Leão foi castigado pela "tradição" de fazer cera no final das partidas, também por um erro técnico de Leandro Silva, que escorregou ao tirar a bola e acabou cedendo o escanteio derradeiro ao time carioca. Aos invés de três, o Avaí somou um mísero ponto. Sabor de derrota.

M10

Desta vez Claudinei Oliveira não demorou a mexer, no intervalo veio com Marquinhos no lugar de Joel. M10 entrou e o jogo literalmente mudou para melhor. Foram três chances, uma com ele cabeceando e usando a experiência para ficar livre de marcação. A bola do pênalti, convertido pelo próprio Galego, surgiu por Rodrigo Pimpão botar a mão na bola que iria justamente para Marquinhos.

O M10 não corre como antes, mas fez a diferença. Deu passe, organizou o time e, principalmente, fez a equipe do Botafogo sofrer perigo. Joel tem sido nulo nos jogos, foi assim mais uma vez, e Marquinhos, com toda idolatria que carrega, tem mais bola que o camaronês para fazer a diferença nos jogos.

Nenhum comentário: