quarta-feira, novembro 29, 2017

Grêmio é tricampeão da Libertadores


Não há no Brasil um clube de futebol com mais títulos do que o Grêmio na Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira, o time gaúcho se igualou a São Paulo e Santos com três conquistas. A nova taça foi conquistada após a vitória por 2 a 1 sobre o Lanús, na Argentina, em um duelo em que atuou como se estivesse diante apenas da apaixonada torcida tricolor no estádio.

Ter vencido o primeiro jogo da decisão por 1 a 0 na última semana deu aos brasileiros a vantagem prevista no regulamento. Um empate seria suficiente para ficar com o troféu. Mas, conforme prometido pelo técnico Renato Gaúcho na véspera, o Grêmio não viajou para apenas se defender. Desde o apito inicial, a equipe mostrou que iria marcar com afinco e atacar com inteligência.
Em sua quinta final de Libertadores, torneio que conquistou nas edições de 1983 e 1995, a experiência do Grêmio falou mais alto diante do Lanús, inexperiente em decisões do mais importante campeonato da América.

E a sabedoria gremista ensinou que é importante esperar. Foi assim que, aos 27 minutos, a equipe ampliou a vantagem. No vacilo da última linha de defensores no meio de campo, Fernandinho foi mais rápido no pensamento e na velocidade: roubou a bola, partiu em disparada e soltou uma bomba na saída do goleiro Andrada.

Aos 41 minutos, Luan praticamente encaminhou a conquista. Após bola lançada pela esquerda, ele dominou, partiu em direção à área, se livrou de três marcadores e tocou por cima do goleiro: 2 a 0.
Na segunda etapa, o Lanús deu sinal de que não estava completamente vencido. Aos 25, Acosta caiu após ser derrubado por Jaílson na área. Na cobrança de pênalti, José Sand bateu colocado, com categoria, para descontar. No fim, o Grêmio ainda teve Ramiro expulso e precisou se segurar com um jogador a menos.

Os brasileiros confirmaram presença no Mundial de Clubes, em que já entram na semifinal. O primeiro adversário será o mexicano Pachuca ou o Wydad Casablanca, de Marrocos, em 12 de dezembro.

Por Lucas Balduino

Nenhum comentário: