Na Ressacada só chove água benta

Não há chuva que prejudique o Avaí nesta Série B. O time parece que tem o radiador furado, tem que ter água sempre. O time venceu o Marília por 3 a 1. Mais de nove mil pessoas, o time mostrando competência de quem quer e deve estar na Série A. Eu joguei a toalha. A de Série A.

O primeiro gol do jogo foi contra, depois o Marília empatou com Ricardinho Furacão, um apelido até sugestivo que chega a lembrar o co-irmão. Marquinhos colocou o time novamente em vantagem numa bela cobrança de falta e aos 33, idade de Cristo, William pregou o Marília na cruz após um lindo, de cara eu achei cagado, passe do Evando.

O Avaí precisa de mais duas vitórias, Ponte Preta e CRB, para conseguir o acesso. A festa será no jogo diante do Brasiliense na Ressacada. Essa partida irá ter superlotação na arquibancada, imprensa, cerveja, enfim, a maior festa que o estádio já viu.

O time joga um futebol simples, mas muito bem jogado. O Silas é um dos melhores técnicos em atividade. Pode faltar um pouco de experiência em repor atletas, mas no tratamento dos jogadores, em tirar o máximo de cada um, só perde pro Muricy.

A Série A está aí! Vamo, Vamo Avaí!

Crédito de Foto
Foto de Hermínio Nunes, ClicRBS