Leão conquistou a sua primeira vitória fora de casa

Muriqui perdeu gol cara a cara com Harlei no primeiro tempo

Aquilo que poucos acreditavam aconteceu. O Avaí venceu o Goiás por 2 a 0, gols de Muriqui, aos três minutos, e Roberto, aos 44 do segundo tempo. Foi a primeira vitória azzurra fora de casa no Brasileirão. O time também deixa a lanterna na mão do Náutico, que joga amanhã contra o Vitória.

Silas surpreendeu com a escalação contra o Goiás. Colocou novamente Ferdinando como volante e puxou o Marcus Winícius para a zaga. Roberto, que chegou a ser confirmado como titular, ficou no banco e William entrou como titular. E deu certo!

Muriqui perdeu duas boas chances no primeiro tempo. Na terceira, após um grande passe de William, ele balançou as redes do Goiás. O camisa 11, na minha visão, foi o melhor jogador da partida. Outro que apareceu, ou melhor reapareceu, foi o Marquinhos.

Roberto, que entrou no lugar de Muriqui, confirmou a vitória aos 44 do segundo tempo. Recebeu lançamento sozinho, chutou, o goleiro defendeu, mas a bola sobrou sozinha na cara do gol. Foi o primeiro gol do melhor atacante do Avaí no momento.

Eduardo Martini, que acabou quebrando um dente na partida, fez grandes defesas e a zaga formada por Rafael e Augusto, atuando junto pela primeira vez, deram bastante tranquilidade, apesar dos constantes ataques dos goianos no segundo tempo.

A vitória chegou na hora certa, aquela que ninguém acreditava, só os jogadores. Silas falou em amor, raça, vergonha na cara. O Avaí demonstrou isso nesta noite. O jogo contra o Sport, domingo, é para coroar a retomada do time no Brasileirão.

E no final do jogo o Roberto foi perguntado sobre que gosto tinha essa vitória sobre o Goiás. A resposta:

- Muito bom. O Mais importante é que o time teve um volume de jogo e
no final conseguiu a vitória. Agora é descansar e focar no próximo
jogo.

Crédito de foto
Foto de Carlos Costa, Futurapress