Leão está há 10 jogos sem perder na Série A


O placar mais perigoso do futebol, o 2 a 0, não serviu para o Atlético Mineiro garantir os três pontos. Vantagem para o adversário, na fase que o Avaí atravessa, é sinônimo de emoção para o torcedor e ponto conquistado. O 2 a 2 foi a vingança do jogo no primeiro turno. De 30 pontos disputados, o Leão da Ilha conquistou 24.

O primeiro tempo é para esquecer. O time não fez nada que lembrasse o futebol que mostraram saber jogar. O começo da segunda etapa, com os gols de Éder Luís e Marcos Rocha, foram de apavorar. A invencibilidade começava, na minha visão, a ir para as cucuias. Ledo engano.

O Avaí diminuiu com um golaço de Eltinho. Odair, que entrou no segundo tempo, empatou o jogo, aos 45, no sofrimento, após receber de Muriqui e se chocar com o goleiro. Empate heroico. Assim definou o clicEsportes.

A Libertadores não é, há alguns jogos, um sonho impossível. Acho que alguma coisa interna está fazendo os jogadores não perderem o foco. Vale citar também a o fôlego que o Avaí termina as partidas. O Atlético-MG estava morto, enquanto o Avaí dava piques e contra-atacava como se fosse o início do jogo.

Domingo, contra o Flamengo, é casa lotada. O desempenho deve melhorar e a vitória, com certeza, será do Avaí.

Crédito de foto
Foto de Alexandre Guzanshe, Futura Pres