Depois de um longo tempo fiz uma das coisas que todo torcedor de futebol gosta, que é ver o time no estádio. Fui pra Ressacada, acompanhando do amigo Cleber, de ônibus. Outra coisa que não fazia desde os jogos da Seleção. O 2 a 0, que garantiu o time na final, foi magro, sem sal, sem emoção, mas como disse o Felipinho — o importante são os três pontos.

Chegar cedo no estádio não foi tão novo, já que no Avaí 1 x 0 Grêmio eu cheguei cedinho na Ressacada, mas foi por causa do trabalho. Deu pra tomar umas na casa do Cleber, outras no Chapecó, aí já com a presença do Wild Bernardo, e só. No estádio não vende, infelizmente. Maldita proibição. Tu quer tomar umas com os amigos e não pode. Felipe Albertoni, parceiro do clicEsportes, também se juntou ao grupo com outro amigo.

O nosso ingresso era para o Setor C, coberto, cadeira, mas fomos pro B em busca de uma cuba perdida. Nada míseras. A volta foi de latão também, com bêbados falando alto, tomando cerveja e aquela alegria. Foi uma noite excelente.

Sobre o time, Leonardo joga com duas âncoras. Vandinho jogou pouco, mas fez muito mais que o Leonardo no jogo todo, isso que ele ainda fez um de pênalti. O Avaí cozinhou o jogo, se poupou, enquanto o Atlético de Ibirama só ameaçou no segundo tempo, mas faltou muito pra marcarem um gol.

Preços

O futebol é para a elite. Hoje, sinceramente, não daria para levar o meu filho ao estádio se ele pagasse ingresso. É um crime pagar R$ 60 para assistir uma partida no Avaí. Falo do Leão porque é o segundo ingresso mais caro do Brasil, perde só para o Corinthians.

Um copo de refri custa R$ 3, mesmo preço do churros. Cachorro quente é R$ 3,50 e a pipoca, aí num preço justo, custa dois pila. Vou fazer as contas com base só no que comi no estádio.

3,50 + 3 + 2 = 8,50

Aí multiplica por dois se tu for com uma criança. Dá 17 pila. Coloca uma entrada inteira e outra meia-entrada, que dá R$ 90. No total de tudo, sem somar gasolina, flanelinha, cervejinha antes, churrasquinho de gato, tu gasta incríveis R$ 107. Um absurdo!

Podem vir com história para se associar, blábláblá e o escambau, mas o camarada que ganha mil reais por mês vai matar 10% do seu salário num jogo só. Nem na Europa o futebol é só pra elite. O Avaí cresceu em estrutura, tá na Série A, Sul-Americana, mas está formando, assim como o Figueirense já criou, uma bela torcida de pijama. Ou até a geladeira, aquele que levanta no gol e fica quieto o resto do jogo.

Em tempo, fui ao jogo porque ganhei o ingresso. Só vou assim ou a trabalho. Posso pagar R$ 30 se comprar de estudante, mas mesmo assim acho muito caro. No Scarpelli é R$ 15 meia-entrada, valor mais do que justo. Em Joinville fizeram um estardalhaço porque aumentaram de 20 para 25 reais o ingresso. Dá até inveja.

Crédito de foto
Foto de Flávio Neves