O Avaí perdeu por 3 a 0 para o Grêmio, mas o placar no ano está 2 a 1 para o técnico Silas. Venceu duas vezes e perdeu uma. Hoje, no Olímpico, nem querendo o Leão ganharia. O time mostrou um futebol irreconhecível. Foi muito ruim.

Acredito que o jogo poderia começar de novo, tudo igual, e o Avaí não venceria. Parece que o time entrou pressionado. Também parece que mudou completamente a maneira de jogar, isso que estava com o mesmo esquema de sempre.

Por mais críticas que se possa fazer a péssima atuação do Avaí, não é motivo para mandar todo mundo embora ou dizer que o time é cagão, típico de um torcedor-midiático. Hoje o time precisava de mais alguém no ataque e um meio que errasse menos passes.

Sábado, contra o Vitória, que tem o invocado Schwenck (três gols contra o Atlético-MG), a história vai mudar. Mais uma vitória, uma posição mais confortável na tabela e mais comentários felizes neste post.

Para reclamar

Não é chororô, mas o Davi sofreu um pênalti claro no final do primeiro tempo. O tio Evandro Rogério Roman considerou "lance normal" e mandou seguir o baile.

Crédito de foto
Foto de Valdir Friolin