Delfim de Pádua Peixoto Neto, o Delfinzinho (foto), filho do presidente da Federação Catarinense de Futebol, agrediu neste sábado o narrador esportivo da rádio Cidade, de Brusque, Rodrigo Santos.

Veja o vídeo da falcatrua no sorteio dos árbitros

Os relatos que chegam são da mais alta vergonha para o nosso futebol. O "filho do homem" invadiu a cabina da rádio aos socos e pontapés querendo saber quem era o Rodrigo. Acertou, junto com outros marmanjos, o rosto do narrador.

Com acontecimentos recentes envolvendo pessoas conhecidas, pode ser que isso não dê em nada. Delfinzinho já possui um histórico de baixarias. A agressão, além do vídeo denúncia postado pelo Rodrigo, deve ser também porque na primeira partida da final da Copa SC ele saiu do Augusto Bauer dizendo: "meu pai tem dinheiro pra caralho", e o Rodrigo registrou isso.

Delfinzinho foi preso em 2007 com drogas, sendo condenado como traficante. Em 2008 foi solto, segundo do advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, por alegar falhas na atuação do Ministério Público.

Leia o processo!

Justiça

O Brusque, guerreiro, conquistou o título da Copa Santa Catarina ao empatar em 1 a 1 com o JEC. Agora o time do Vale será o segundo representante catarinense na disputa da Copa do Brasil. O outro é o Avaí.

PS: Que os presos não se sintam diminuídos com o "ex-preso".

Siga o @PAPOFC no Twitter