Delfim de Pádua Peixoto Filho, o pai, assinou nota de um ghost writrer repudiando a agressão de Delfim de Pádua Peixoto Neto ao narrador Rodrigo Santos. No texto, que você poderá conferir abaixo, a "Federação" fala em repúdio e, o que menos vai ser verdade, em tomar "as medidas legais que o caso requer".

Leia o que o Rodrigo escreveu sobre o ocorrido

Vai ser demitido? Não!
Vai ter multa no salário? Não!
Vai ser "suspenso das atividades"? Não!

Acabou de passar a entrevista do Delfinzinho na Ric Record. O primeiro gesto dele, logo nas primeiras palavras, foi levar a mão no nariz. É um cacoete, quem sabe.

Disse que houve uma conversa com o Rodrigo antes da agressão. Chamou atenção o fato da Federação Catarinense de Futebol ter pedido um exame toxicológico para provar que ele não estava sob efeito de drogas. Chamou mais atenção esse exame ter sido feito nesta segunda-feira e ter ficado pronto hoje. Curioso.

Intrigante... a entrevista foi gravada sede da Federação.

Assim que disponibilizarem o vídeo coloco ele aqui.

NOTA OFICIAL




A FEDERAÇÃO CATARINENSE DE FUTEBOL vem a público lamentar o incidente ocorrido na cabine da Rádio Cidade, de Brusque, entre o radialista Rodrigo Santos e o assessor especial da Presidência da entidade, Delfim Pádua Peixoto Neto, após o jogo JOINVILLE X BRUSQUE, realizado no dia 10 próximo passado, na Arena Joinville, válido pela COPA SANTA CATARINA.
          A Federação repudia qualquer agressão física a quem quer que seja, e salienta que, com relação ao seu funcionário, tomará as medidas legais que o caso requer.
          Entretanto, a Federação Catarinense de Futebol observará o princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes, conforme estabelece o disposto no inciso LV do art. 5º da Constituição Federal, assim como, a entidade considera que ninguém poderá ser considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal contraditória, nos termos do inciso LVII do art. 5º da Carta Magna.
Balneário Camboriú, 12 de julho de 2010.


DELFIM PÁDUA PEIXOTO FILHO
Presidente da FCF



PS: Recomendo a leitura do texto Capitanias Hereditárias do amigo Diego Passos

Siga o @PAPOFC no Twitter