Acredito que por pouco tempo. Quando for 20h30min, mais ou menos o horário que termina a partida contra o Ceará, a torcida avaiana já poderá respirar mais aliviada. Porém, não é vencendo que a crise vai embora, muito pelo contrário, é melhor que o sentimento de "fase ruim" fique por mais um tempo para os jogadores não recolocarem o salto.

Debatendo, ontem, com a rapaziada do Boleiros da Bola, quando o técnico Antônio Lopes poupou jogadores na partida contra o Botafogo, ali, naquele momento, ficou evidenciado que o salto era maior que 15.

Confesso ter caído na onda, dizendo que Abu Dhabi é logo ali, mas quem não foi? Não boto minha mão no fogo, mas o Leão não vai cair.