Louco? Não acho. A escolha de Marquinhos, que deixou o Santos com uma Libertadores para disputar, a visibilidade de atuar ao lado de Neymar e Ganso, se dá, olhando friamente, pela sua ligação com o Avaí e pelo fato do nascimento da sua filha.

Vai ganhar o mesmo que no Santos? Mas não vai, nem a pau. Será o maior salário do Leão? Com certeza. Será o mais cobrado? Óbvio. Vai fugir do pau quando o caldo entornar? Não, não vai.

Se ele chorou no jogo contra o Santos, um dos posts mais lidos do ano neste blog, foi para mostrar que, ao sair, a vontade que ele tinha mesmo era de retornar. É como acontece com todo mundo. Você pode viajar um mês, ver coisas incríveis, aprender bastante, mas o melhor é sempre voltar pra casa. E o Marcos Vicente dos Santos voltou!

Lição

Que o Avaí aprenda, e não erre, em deixar passar a chance de faturar com marketing junto com o Marquinhos. Esqueçam todas as bobagens feitas com Sávio, aliás, que não foram feitas. É hora de começar de novo e se reiventar.

Apresentá-lo para a torcida, com portões abertos, já é mostra de que desejam fazer as coisas diferentes.

Em tempo, Marquinhos venceu o Prêmio Papo FC 2009.

Crédito de foto
Foto de Ricardo Duarte