Não foi um baile com valsa, champagne e docinho, mas o Brusque deu uma boa surra no Avaí no Augusto Bauer. Eu já não botava fé numa vitória do Leão, mas me surpreendi com a inoperância, falta de entrosamento e má qualidade técnica da grande maioria dos atletas do Avaí. O 3 a 0 saiu barato.

Pelos comentários vistos no Twitter, boa parte da torcida avaiana está achando que o fim do mundo chegou. São duas derrotas ruins, que atrapalham a pontuação do turno, mas que podem ser recuperadas. Agora, se perder domingo com o time principal, aí, sim, não dá para aturar mais derrotas.

Os lances do jogo, foram as faltas do Acleisson. O Théo, meu filho, com um ano e 10 meses, consegue chutar rasteiro. O outro foram as raras vezes em que o Gustavo tocou na bola. Coisa rara.

Crédito de foto
Foto de Flávio Neves