Silas aceitou os petrodólares e partiu dessa para uma melhor. Acreditava que ele pudesse dar jeito no time do Avaí, mas o dinheiro árabe e, possivelmente, algum atrito interno fizeram ele escolher ir para (se) Catar. Com a ida de Silas, o novo técnico do Avaí será Alexandre Gallo.

Gallo foi campeão catarinense pelo Figueirense em 2008 e, desde que apareceu no mercado, não se mostrou como um nome de peso. Tanto que ainda não é. Por outro lado, tem preferência pelo futebol de pegada e velocidade.

Como a galera já comenta, resta saber se o volante Elton e o lateral César Prates, jogadores fieis de Gallo, também aparecerão na Ressacada. Eu preferia o Márcio Goiano, até pelo desafio de vê-lo triunfar no Leão, mas a escolha de Gallo não é a pior de todas.