De pé, com a crista alta e o esporão afiado, Gallo foi demitido do Avaí. Apesar das sete derrotas, três empates e três vitórias, achei corajosa e boa a coletiva do treinador após o 2 a 0 do Vasco. Ele foi firme, de peito aberto, e carudo. Porém, como o que importa são os resultados em campo, dançou!

A novela do novo treinador está rolando, mas não tenho qualquer palpite ou preferência. Na verdade, queria que o tempo voltasse para maio e o Avaí fosse ainda estrear no Brasileiro. Assim, acho que algo diferente poderia acontecer.

O triste fim de Gallo e, com cada vez mais certeza, do Avaí, foi anunciado desde sua vinda. Quem manda no clube? O presidente e a torcida. O que ambos queriam? Márcio Goiano. Quem escolheu o Gallo? O parceiro convenceu ambos, ou boa parte, de que ele seria o melhor nome. Deu no que deu.

Enquanto isso, avaiano, não esqueça de marcar o Avaí como time do coração na Timemania. Pelo menos você tem mais chances de ganhar alguma coisa.


Sobre o Policarpo(GALLO) Quaresma, deixo apenas o início da conclusão via Wikipedia:
Policarpo teve, em sua vida, três projetos para o Brasil (nenhum dá certo)