O 1 a 0 para o América-MG, na sexta-feira, mostrou, principalmente para mim, que o Avaí vai fazer uma limpa no elenco no final do ano e começar tudo de novo em 2012: na Série B. As chances matemáticas existem, uma sequência improvável de vitórias mudaria tudo, e não se pode esquecer da mistíca da camisa, do time que faz coisa. Porém, o Leão atual, parafraseando o Miguel Livramento, não tem tesão.



Em campo, a turma que deveria fazer gol, e incrivelmente vem criando chances - mesmo não sendo embaixo da trave e sem goleiro -, está numa fase terrível. Se o Fred estivesse no time é capaz de não estar fazendo gol também. Os adversários, no entanto, não vacilam e aproveitam as chances. Até o Ipatinga fez gol. O América-MG tem um matador, e ele fez o gol da vitória sobre o Leão.

Hemerson Maria, de quem sou muito admirador, já está tirando sangue de pedra, porque o leite secou. Não dá, ainda, para jogar a toalha. Mas já não é mais pessimismo pensar em jogar a Série B em 2013.