Que anúncio surpreendente esse de que o SBT vai transmitir a Libertadores. Para quem acompanha futebol há anos, meu caso, recordo de Luiz Alfredo narrando, a baita final da Copa do Brasil de 95 entre Grêmio e Vasco, e o China, Ceará e uma dúzia de figuras do jornalismo esportivo.

Com a TV do Sílvio Santos na jogada a teremos transmissões casadas, algo impensável fora dos canais pagos. E será realidade. O SBT já transmitiu um Fla-Flu neste ano e tem bom sinal aqui em Floripa, pelo menos. 

E a primeira rodada, dia 16, na semana que vem, terá a dobradinha Universidad Católica x Grêmio e Bolívar x Palmeiras.

É uma opção interessante para o mercado e isso mostra como os direitos de transmissão vão ficar cada vez mais separados daqui pra frente. Serão mais canais, mais formatos e mais opções, mas até que ponto isso será positivo vai levar um tempo pra gente perceber.